Os alunos universitários precisam deixar de ser alunos do secundário

Blog » Os alunos universitários precisam deixar de ser alunos do secundário

Entrada criada em 13 Apr 2012 20:04 por acaetanoacaetano

Subtítulo: As perversões do sistema de progressão na carreira académica e da avaliação pelos ímpares

Subsubtítulo: Qual é a real qualidade da formação dos alunos que vão ultrapassando unidades curriculares?

Subsubsubtítulo: E alguém se importa? Ou isso é importante?

Foi escrito há 16 anos na América, mas continua tão atual como hoje… ou será que estamos 16 anos atrasados?

(disclaimer: what is seen above is a window for the document with the address http://www.ams.org/notices/199608/comm-zucker.pdf; in particular, such a document is not hosted in http://mateas.wikidot.com)

E as reações não se fizeram esperar (ao ritmo da periodicidade das "Notices of the AMS"):

(disclaimer: what is seen above is a window for the document with the address http://www.ams.org/notices/199611/letters.pdf; in particular, such a document is not hosted in http://mateas.wikidot.com)

Já agora, não resisto a fazer uma tradução livre de um excerto de um texto do mesmo autor do primeiro texto acima (Steven Zucker), publicado num dos doze apêndices da 2.ª edição do livro "How to teach mathematics", de Steven Krantz (cf. p. 284):

Um jovem de 18 anos entra num estúdio de tae kwon do, dirige-se ao instrutor e declara orgulhosamente: "Estou aqui para aprender a partir uma pilha de tijolos com a mão!"

O instrutor pensa por um momento, depois responde: "Bem, isso é muito difícil, e irá demorar tempo. Antes de mais terás que desenvolver autocontrolo e disciplina mental. Depois…"

O jovem interrompe: "Não me venha com essa treta da disciplina! Só tem que me ensinar como faço para partir uma pilha de tijolos com a mão!"

O instrutor vira costas abanando a cabeça, e o mesmo faz o aspirante a estudante. Um dos frequentadores habituais do estúdio, que ensina matemática numa escola secundária local e assiste à cena, aborda o instrutor: "Olhe que o jovem não está totalmente desprovido de razão. Tudo o que tem a fazer é mandar construir tijolos de um material mais quebradiço e, para jogar pelo seguro, fazer-lhes umas pequenas rachas previamente."

Comentários

Add a New Comment
Page tags: blog

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 License.