Do texto aos blocos, dos blocos ao texto: novas formas de aprender a programar

Criado em 13 May 2015 13:48 por MMSequeira , última actualização em 07 Sep 2015 18:09


Manuel Menezes de Sequeira
(Universidade Europeia)

Resumo

Programar é encontrar algoritmos, i.e., soluções computacionais para problemas, e traduzi-los depois numa linguagem de programação, criando programas. Por isso, aprender a programar é principalmente aprender a pensar e a resolver problemas de forma construtiva e só secundariamente aprender a expressar essas soluções numa linguagem de programação específica. A má escolha de uma linguagem de programação de ensino pode, no entanto, ter consequências fortes sobre a aprendizagem, desviando a atenção do aprendiz do essencial, que é aprender a resolver problemas, para o acessório, que é aprender a sintaxe de um linguagem específica e aprender a lidar com erros de sintaxe mais ou menos obscuros. Linguagens de programação visuais, como o Scratch e o Snap!, resolvem este problema, abandonando o texto e abraçando os blocos como forma de expressar os programas. Estas linguagens têm também a vantagem de tornar mais claros e imediatos os resultados dos esforços dos estudantes, facilitando por isso a aprendizagem através da experimentação.

Mas o regresso ao texto é inevitável, depois de uma aprendizagem baseada em blocos. Ferramentas como o Snap!, disponibilizadas em regime de código aberto, têm o potencial de facilitar esse processo, permitindo visualizar o mesmo código de formas diversas e fazendo assim a ponte entre uma programação visual e literal e uma programação mais textual e sintética.

Nesta palestra, tenciono ilustrar as vantagens de linguagens visuais como o Scratch e o Snap! para o ensino e a aprendizagem da programação. Mas espero também mostrar como o caminho de volta para linguagens mais tradicionais pode ser facilitado usando essas mesmas ferramentas. Tudo se centrará em torno da programação, mas creio que é possível, por analogia, transportar algumas das ideias apresentadas para áreas como a matemática, que tão fortes relações tem com a ciência da computação.


Vídeo da palestra

Seminário realizado no Departamento de Matemática da Universidade de Aveiro e financiado por fundos portugueses através do CIDMA - “Centro de Investigação e Desenvolvimento em Matemática e Aplicações” e da FCT - “Fundação para a Ciência e a Tecnologia” no âmbito do projeto UID/MAT/04106/2013. Ver anúncio aqui.


Avalie este poster

rating: 0+x

Comentários:

Add a New Comment
Page tags: seminário_mateas

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 License.